Entenda como funciona o financiamento pelo Proger

Entenda como funciona o financiamento pelo Proger

O Proger – Programa de Geração de Renda – é um projeto do Ministério do Trabalho que busca facilitar a criação de empregos e renda a partir do financiamento de projetos de investimento. Com ele, micro e pequenas empresas dos ramos de comércio, indústria e prestação de serviços contam com a possibilidade de financiar até 50 mil reais, de acordo com o valor do projeto e o capital de giro associado.

Com um prazo de até 48 meses, o financiamento pelo Proger apresenta poucos requisitos para cadastro e liberação dos valores, permitindo a aquisição de bens como máquinas e equipamentos, além de outros recursos que podem ser de extrema importância para o desenvolvimento de um negócio.

Financiamento para ajudar sua empresa a crescer

Se você está pensando em abrir uma empresa no ramo alimentício ou tem planos de expandir sua atuação, vai precisar investir em maquinário e equipamentos modernos. Contar com tecnologias que facilitem a produção é um dos requisitos principais para quem quer construir um negócio de sucesso, mas o processo de aquisição pode se transformar em um grande desafio.

Para alcançar os resultados esperados de uma forma mais rápida e conseguir adquirir as máquinas que farão diferença na rotina da sua equipe, contar com financiamentos como o Proger pode ser uma das saídas mais interessantes nesse ramo.

Empresas que trabalham com produção de alimentos em pequena, média e larga escala, como a de salgados, por exemplo, precisam utilizar equipamentos atualizados e capazes de auxiliar na fabricação de produtos de qualidade, com agilidade e segurança. Por isso é tão relevante ter à disposição possibilidades de apoio para sua aquisição, principalmente para quem está começando.

No caso do Proger, micro e pequenas empresas que atuem no comércio, indústria ou prestação de serviços podem receber ajuda da Caixa Econômica Federal para fazer esses investimentos e começar a gerar receita com seu negócio. Criado em 1993 pelo Governo Federal, o projeto inclui diversas linhas de crédito voltadas a empreendedores que buscam investir na modernização de sua empresa.

O financiamento pode ser solicitado por empresas que já atingiram um ano de atividade e que tenham faturamento bruto anual de até R$ 1,2 milhão. Para se candidatar ao benefício, é necessário apresentar CNPJ, certificado de regularidade com o FGTS, comprovante de recolhimento do PIS/PASEP, nota fiscal dos bens e serviços financiados e RPA.

Com prazo máximo de 48 meses para pagar, os limites de financiamento correspondem a 80% do valor do projeto, limitado a R$ 50 mil. Entre os itens financiáveis estão bens e serviços relacionados à atividade da empresa, capital de giro para necessidade de execução do projeto, máquinas e equipamentos, veículos, entre outros.

No site do SEBRAE você pode consultar outras condições para conseguir o financiamento e tirar suas dúvidas.

Ficou interessado nas linhas de crédito oferecidas pelo Proger? De quais equipamentos você sente maior necessidade neste momento da sua empresa? Deixe seu comentário abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *